16 de dez de 2011

Amor por cães... Como tudo começou

Aconteceu como na maioria dos casos, simplesmente não lembro do dia em que o amor pelos cães surgiu em mim. Mas lembro-me, perfeitamente, da batalha para convencer meus pais a me dar um peludinho.
Meus pais não gostavam de cachorros, diziam que fedia, que dava trabalho, que eu não iria cuidar...

(aquelas velhas desculpas de quem nunca teve o privilégio de ter um anjo de quatro patas na família).
Para driblar a insistência daquele garotinho chato que não falava de outra coisa, meus pais me compraram um jabuti, depois um aquário, um gato, outro gato, um passarinho... Mas nenhum animalzinho, por mais amado que fosse, conseguiu suprir o sonho de ter um cachorro.
Foi aos 10 anos de idade, que o garoto insistente venceu a batalha (ufa). Após uma doença inexplicável (suspeita de apendicite), ou uma chantagem emocional (hahah as vezes é preciso apelar), meus pais resolveram me presentear com uma linda filhote de poodle, a quem dei o nome de Milly. A Milly, foi o presente mais abençoado que alguém poderia comprar, sua presença mudou a vida de todos da casa. Aos poucos,  meus pais começaram a amá-la, e sem que percebessem, aceitaram-na como membro da família.
Minha segunda cachorra, foi a querida Nina. Abandonada em nossa calçada, ela nos obrigou a adotá-la, aqueles olhos eram irresistíveis, seria impossível deixar aquela criaturinha sofrendo nas ruas.
(Nina)
No ano passado, enfrentamos a perda da Milly, que não resistiu a cirurgia do câncer das mamas. A dor foi imensa e até hoje sentimos sua ausência. Foi então, que meses depois, decidimos comprar nossa terceira cachorra. Após uma pesquisa na Internet, escolhi a raça Lhasa Apso, fiquei encantado com todo aquele pelo... e foi assim que a Jade chegou à nossa casa.
                                                                          (Jade)
Não satisfeitos, decidimos  dar a Jade um "irmãozinho". Pretendia comprar outro Lhasa Apso, mas quando nos deparamos com os olhinhos verdes do Dudu, aí não teve jeito, levamos para casa aquele Shih Tzu chocolate, que chegou para bagunçar o barraco rsrrsrs
(Dudu)
Atualmente temos três cachorros (Nina, Jade e Dudu), o amor por essas criaturinhas parece não ter fim... Será que vem mais peludinhos pela frente?

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...