18 de dez de 2011

Os terríveis fogos de artifícios...

Natal e ano novo chegando. Que maravilha!!! Mas não é o que pensam nossos bichinhos. Quem tem cachorro já conhece a rotina: eles correm de um lado para o outro, pedem colo, procuram esconderijos debaixo das cadeiras, banheiros, brechas de sofá... O stress causado pela queima de fogos, pode comprometer a saúde do seu peludinho. Portanto, que tal se preparar essa época do ano?
Abaixo, algumas dicas retiradas do site da editora abril, de  como amenizar esse transtorno:

5 maneiras de proteger seu bicho do barulho dos fogos:1. Evite fugas 
A primeira coisa a fazer nas noites de festa é fechar bem as portas e as janelas. No desespero, cães e gatos tentam fugir.

2. Crie um refúgio
Coloque seu bicho em um lugar onde ele se sinta seguro. Mantenha a luz acesa e, se ele estiver acostumado, deixe TV e rádio ligados. Converse um pouco e faça carinho. 

3. Jamais ofereça a comida da ceia Pode até ser que o peru esteja divino e a maionese seja light. Mas nada de dar ao seu bicho a comida da ceia de Réveillon. Problemas de digestão, somados ao pânico que ele sente dos rojões, podem até levar à morte, em casos extremos. Alimente-o com a ração de costume e ofereça água. Evite até dar os biscoitinhos dele. 

4. Solte a coleira 
Não deixe seu cachorro ou gato na coleira. Muitos animais, quando presos, morrem por enforcamento, no desespero de fugir dos fogos e rojões. Se precisar isolá-lo, deixe-o fechado num quartinho. 

5. Acalme-o Homeopatia, florais e acupuntura podem diminuir o medo e a ansiedade do seu animal. Mas esses tratamentos devem ser feitos ao longo do ano. Em casos muito graves, converse com o veterinário sobre aplicar um sedativo.

Fonte:http://www.abril.com.br/noticias/ciencia-saude/proteja-animal-estimacao-barulho-fogos-artificio-411431.shtml

2 comentários:

  1. A propósito...
    Alex não dá a mínima para fogos de artifício ou trovoadas. Fica impassível, achando, com certeza, que os humanos são muito estranhos.

    ResponderExcluir
  2. Que sorte Maristela... a minha Nina tem muito medo. Já os pequenos não, comecei a acostumá-los com barulho, desde filhotes.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...